Dororo Online: Onde Assistir, 2ª Temporada e Mangá

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Dororo personagem do anime
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Dororo foi originalmente uma série de mangá criada por Osamu Tezuka no final dos anos 1960. A primeira série de anime foi adaptada em 1969, seguida por um filme live action em 2007. Esta análise é para a segunda adaptação do anime, que foi ao ar no Amazon Prime em janeiro de 2019 e dirigida por Kazuhiro Furuhashi , escrita por Yasuko Kobayashi.

Dororo se destaca de outros novos animes por evitar muitas soluções fáceis e fan-service em favor de uma narrativa corajosa e fundamentada. Da paleta de cores ao design de seus personagens, todos os aspectos do Dororo evocam seriedade e maturidade.

Cada episódio é um conto de moralidade independente. Este não é um anime para ser agradável. É um daquelas em que o estresse e o conflito são as únicas constantes. O sofrimento é a única opção e o sacrifício é a única recompensa. A morte é apenas outro nascer do sol, e a vida é o único pôr-do-sol. Apesar de todas as vibrações de ‘Bad Feelings’, o anime detém o poder de mudar a própria perspectiva de vida em meio à uma humanidade destruída.

Anime

Dororo conta a história de dois personagens principais: Hyakkimaru, um adolescente cujo corpo é inteiramente construído por proteses, e Dororo, um jovem ladrão órfão. Sendo bem honesto, eu realmente não entendo porque a série é chamada de “Dororo” quando a história gira mais em torno de Hyakkimaru. Dororo é importante e tem algum enredo paralelo importante, mas Hyakkimaru é o começo e o fim do enredo geral.

Hyakkimaru tem um desenvolvimento de personagem bastante complexo e envolvente ao longo do anime.

Outra parte notável de Dororo foram as músicas que acompanham a série. As músicas de Abertura e Encerramento são composições de tirar o fôlego que funcionaram muito bem com a vibração geral do anime.

Além das aberturas e finais, a música é fantástica em toda a série. Não me culpe se essas trilhas sonoras deixarem uma cicatriz em seu coração.

A animação também é um ponto alto do anime, é nítido que existe uma homenagem ao antecessor, especialmente na primeira sequência com o personagem do pequeno Dororo. É uma loucura ver o quanto o anime mudou em termos de estilo ao longo dos anos e Dororo realmente traz essa ideia para a tela.

As animações são particularmente precisas, fluidas e limpas. As sequências de ação são agradáveis ​​e espetaculares. Dois estúdios de animação trabalharam nesta adaptação: MAPPA e Tezuka Productions, certamente fazendo um ótimo trabalho.

Dororo vai ter 2ª Temporada?

cena de luta dororo
Cena de Luta no Anime Dororo

Na verdade, mesmo após a conclusão do anime, Dororo ainda está gerando algum burburinho na web provando sua grande popularidade.

Embora o MAPPA ainda não tenha se pronunciado, é bem provável que Dororo não tenha uma 2ª temporada.

Uma das maiores preocupações do estúdio é que a trama principal de Dororo já terminou e forçar uma continuação poderia atrapalhar o bom desenvolvimento da história.

Como Assistir Dororo Online?

Dororo atualmente não está disponível no Netflix ou Crunchyroll, mas a série inteira pode ser assistida no Amazon Prime com uma assinatura. Essa nova versão do mangá clássico tem recebido ótimas críticas por sua animação e ação, além de dar corpo aos personagens e à complexidade do material de origem. O Prime Vídeo é até agora a única maneira de assistir Dororo no Brasil.

Dororo Dublado

Ainda não existe dublagem oficial para o anime Dororo. Então, quem quiser assistir hoje terá que se contentar com a versão legendada que está disponível no Amazon Prime.

Mangá Original

Arte do Mangá de Dororo
Arte do Mangá original de Dororo

Osamu Tezuka é um nome pronunciado com reverência. Frequentemente chamado de ‘Pai do Mangá’ e ‘Walt Disney do Japão’, ele é reconhecido por suas contribuições massivas para a animação, criando uma série de obras adoradas, de Astro Boy e Kimba a Black Jack e Ribon no Kishi.

Seu legado continua a ser honrado até hoje, com outros artistas de mangá importantes, como Akira Toriyama e Go Nagai, creditando-o como a inspiração para seu trabalho.

Tezuka começou a série de mangás Dororo em 1967. Serializado no Weekly Shonen Sunday com um total de 4 volume publicados.

Após o anúncio do anime, foi anunciado que o mangá também receberia um remake, com os títulos The Legend of Dororo e Hyakkimaru. Foi publicado na edição de dezembro 2018 da revista mensal Champion RED, a publicação conhecida mais amplamente para a serialização Densha Otoko e Devilman G.

Personagens Principais de Dororo

Personagens Dororo, Hyakkimaru e Mio

O desenvolvimento do personagem como já foi dito é de estremecer a alma. Você não entende porque o nome do anime é Dororo, enquanto Hyakkimaru faz o papel do protagonista. Bem, é aí que o brilho do anime aparece.

Hyakkimaru

É um jovem com cerca de 17 anos que quase nunca experimentou emoções e sentimentos humanos. No dia do seu nascimento, Hyakkimaru se vê ficando aleijado e separado em 48 partes além de ter seu corpo negociado com demônios, devido aos caprichos de seu pai.

Dororo

Dororo é, ao que parece, uma menina de 10 anos com um caráter travesso. Ele é muito mais gentil e mundana do que no mangá, a maioria de suas tendências imprudentes e de sangue quente foram removidas.

Ela não apenas fica com Hyakkimaru só por curiosidade, age como seus olhos e ouvidos, muitas vezes alimentando-o e mantendo-o fora de perigo.

Por morar na rua, Dororo não tem medo de bater, arranhar, morder ou jogar coisas nas pessoas que os ameaçam

Biwamaru

Biwamaru é um velho misterioso, calmo e perspicaz. Ele aparece com roupas velhas e se move com uma bengala de madeira, dando-lhe a imagem de um indivíduo sem muitas ambições.

Um dia, enquanto perambulava pela vegetação rasteira sem nenhum propósito específico, Biwamaru se deparou com uma criatura que é no mínimo estranha, mas que não parece perigosa, pois sua aura é de uma cor bastante clara.

Mio

Mio é uma jovem de cerca de dezesseis anos. Ela é fleumática, sociável e atenciosa e gosta de ajudar os outros, mesmo que isso signifique não dormir.

Dororo e Hyakkimaru

Uma das melhores coisas sobre este anime é a relação de Dororo e Hyakkimaru. A maneira como Dororo chama Hyakkimaru de “Aniki (irmão)” demonstra como ele se importa com ele.

A força do anime, na verdade, vem da reinvenção dos personagens principais da história: Hyakkimaru e Dororo. O desafio obstinado de Hyakkimaru e a conquista gradual de sua humanidade são profundamente atraentes, o que torna mais fácil para o público entendê-lo imediatamente.

A caracterização mais infantil, divertida, porém honesta e leal de Dororo o torna um raio constante de esperança ao longo do anime. Esses personagens se sentem muito mais em casa aqui, nesta versão dos eventos, muito mais do que a representação mais irreverente de seus próprios personagens por Tezuka. Hyakkimaru e Dororo combinam com a atmosfera sombria e duras discussões morais nas aventuras únicas que constituem a maior parte da temporada.

Dororo é homem?

No capítulo final do mangá, foi revelado que Dororo na verdade nasceu como uma menina, mas viveu como um menino desde que ela conseguia se lembrar. Isso pode ser devido a seus pais, que a criaram como um homem em vez de uma mulher desde o nascimento. Dororo se recusa a falar ou se vestir de maneira feminina. No mangá, ele sempre anuncia que ela é um menino quando outros o chamam de menina.

Filme Live Action

Poster Filme Dororo Live Action
Poster Filme Dororo Live Action de 2007

Dororo (ど ろ ろ) é um filme de ação japonês lançado em 2007 baseado na série mangá dos anos 1960 de Osamu Tezuka.

Para a versão live action, Hyakkimaru e Dororo envelheceram um pouco. Hyakkimaru, em vez de ter 15 (versão de 1969) ou 16 (versão de 2019), ele agora tem 20 anos. A versão do anime descreveu Dororo como um adolescente, mas o filme live-action parece ter a idade de Hyakkimaru.

Outra mudança do filme para o mangá foram as partesdo corpo de Hyakkimaru, que de uma prótese, de base científica, foi para uma de base mágica.